segunda-feira, 28 de julho de 2008

Sobre a paixão

Hoje pela manhã, enquanto escrevia um programa de computador, abri este blog e comecei a escutar as músicas aqui postadas. Depois de ouvir Quando você voltar do Renato Russo, fui ver quais as outras músicas dele estavam disponíveis naquela janelinha do Youtube. Acabei encontrando Longe do meu lado.

Nunca tinha ouvido essa música. Confesso até que não gostei da melodia, mas a letra... Engraçado como em determinados momentos da vida algumas palavras possuem uma importância muito maior do que teriam em outros.

Renato Russo, pelo menos ao que parece, sempre amou muito. Vai ver por isso machucou-se tanto. Vai ver por isso me machuco tanto.

Esses dias Donna foi jantar lá em casa. Havíamos combinado esse jantar na volta de Ceres. Convidei também Laís e um colega de trabalho, o Alano. Naquele momento de rasgação de seda, por parte de Donna, ela comentou: "Você sabe agradar uma mulher". Mesmo não concordando, já que preciso melhorar muito ainda para que isso seja verdadeiro, respondi: agradar uma pessoa é fácil. Difícil é encontrar alguém que mereça.

Sei que essas palavras soaram de forma áspera aos ouvidos de Donna, mas as feridas que carrego falaram mais forte. Sei também que encontrarei alguém que mereça. Sei que algumas, não fosse meu rancor, mereceram muito mais do que fiz.

O fato é que hoje estou assim:

"
Se a paixão fosse realmente um bálsamo
o mundo não pareceria tão equivocado.

Te dou carinho, respeito e um afago,
mas entenda, eu não estou apaixonado.

A paixão já passou em minha vida.
Foi até bom, mas ao final deu tudo errado
e agora carrego em mim
uma dor triste, um coração cicatrizado.

E olha que tentei o meu caminho,
mas tudo agora é coisa do passado.

Quero respeito e sempre ter alguém
que me entenda e fique sempre ao meu lado,
mas não, não quero estar apaixonado.

A paixão quer sangue e corações arruinados
e saudade é só mágoa por ter sido feito tanto estrago.

E essa escravidão e essa dor não quero mais.
Quando acreditei que tudo era um fato consumado
veio a foice e jogou-te longe.

Longe do meu lado.

Não estou mais pronto para lágrimas.
Podemos ficar juntos e vivermos o futuro.
Não o passado.

Veja o nosso mundo:
Eu também sei que dizem
Que não existe amor errado
mas entenda, não quero estar apaixonado.
"


2 comentários:

nah disse...

eu gosto dessa:

"Acho que você não percebeu
Que o meu sorriso era sincero
Sou tão cínico às vezes

O tempo todo
Estou tentando me defender
Digam o que disserem
O mal do século é a solidão
Cada um de nós imerso em sua própria
arrogância
Esperando por um pouco de afeição"

(esperando por mim)

Nice disse...

Mistérios do coração
amor, paixão
difícil desvendar
Será que vai se arrepender
de não tentar mais uma vez amar?
Só o tempo pra dizer
o que vai acontecer